Estruturas em balanço e atirantadas marcam obra da nova sede do Centro Paula Souza | Téchne

Obras

Em São Paulo

Estruturas em balanço e atirantadas marcam obra da nova sede do Centro Paula Souza

Novo conjunto na região da Luz, no centro da capital, abriga edifício administrativo e uma escola técnica estadual

Eride Moura
Edição 200 - Novembro/2013

RESUMO DA OBRA

Obra: Sede do Centro Paula Souza e Etec Nova Luz
Local: São Paulo
Ano do projeto: 2009-2011
Construção: 2011-2013
Área do terreno: 6.882,84 m²
Área construída: 29.490,00 m²

Depois de ocupar, por várias décadas, um antigo prédio da Escola Politécnica, na Luz, projetado por Ramos de Azevedo, o Centro Paula Souza, entidade responsável pelo ensino técnico e tecnológico públicos de níveis médio (Etec) e superior (Fatec) no Estado de São Paulo, inaugura sua sede própria, na mesma região central da capital. Para acomodação definitiva dessa autarquia estadual, o Governo Paulista, que nas últimas décadas vem apostando na revalorização da "região da Luz", adquiriu, por meio de operação urbana, uma quadra de 6.870 m² na conhecida "cracolândia", entre os bairros de Santa Ifigênia e Luz. O terreno, delimitado pelas ruas Aurora, Andradas, Timbiras e General Couto de Magalhães, recebeu, além da sede do Paula Souza, uma grande unidade da Etec, totalizando 26.922m² de área construída. Dos imóveis que antes ocupavam o local - galpões subutilizados, posto de gasolina desativado, imóveis deteriorados e alguns vazios -, apenas um edifício comercial de sete pavimentos foi redesenhado e integrado ao conjunto.

Foto: Leonardo Finotti
Os edifícios que abrigam os dois temas do projeto - sede administrativa (à esquerda) e escola (à direita) - articulam-se em torno de uma ampla praça aberta

Foto: Leonardo Finotti
Como o lençol freático é muito superficial na região, cerca de 3,40 m de profundidade, o conjunto dispõe de apenas um piso de subsolo, ocupado por estacionamento, programas técnicos e serviços para uso dos funcionários

O gerenciamento de todo o projeto foi entregue pelo governo à Fundação para a Pesquisa Ambiental (Fupam), que encomendou o projeto de arquitetura aos arquitetos Francisco Spadoni - também responsável pela coordenação geral dos trabalhos - e Pedro Taddei - autor de projetos anteriores para o Centro. A Engeform Construções foi a vencedora da licitação pública, aberta pelo Centro Paula Souza, para a execução da obra.

Os arquitetos conceberam os vários volumes dos dois temas do projeto - sede administrativa e escola, com seus vários serviços - articulados em torno de uma ampla praça aberta. Algumas diretivas dos órgãos do Patrimônio foram observadas durante o desenvolvimento do projeto. Uma delas solicitava que as construções permanecessem alinhadas às calçadas. "Respeitamos isso, mas de uma maneira híbrida, com algumas construções acompanhando o alinhamento, e outras permanecendo visualmente permeáveis", afirma Francisco Spadoni. Já com relação à exigência de manter a quadra fechada, os arquitetos resolveram a questão com a adoção de coberturas que, no alto - 30 m foi a altura definida pela operação urbana para as construções na área -, consolidam os volumes nas duas faces onde o projeto se abre como extensão da calçada.

Edifício da Etec - Planta de fôrmas do mezanino

Localização

Edifício administrativo
A sede da administração do Centro Paula Souza é uma lâmina de 70 m de comprimento, com balanços em todas as suas faces, isolada e alinhada à rua dos Andradas, onde tem seu acesso. Acima do subsolo de serviços, erguem-se a caixa de vidro do térreo - composto de piso e mezanino - e os cinco pavimentos de escritório, com uma cobertura ocupada por restaurante, aberto para espaçosas varandas. O grande embasamento envidraçado abriga a recepção, e seu mezanino foi ocupado por uma área museográfica que expõe a história da instituição e também os vestígios dos primeiros séculos da cidade (fundações, faianças, objetos de uso doméstico e ferramentas indígenas) encontrados no terreno durante os estudos arqueológicos solicitados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e que precederam a construção.

Foto: Leonardo Finotti Foto: Leonardo Finotti Foto: Leonardo Finotti Foto: Leonardo Finotti

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>
Destaques da Loja Pini
Aplicativos